Instrumentos de precisão: cuidados essenciais para o transporte

Para quem trabalha com instrumentos de precisão, estar com todos os equipamentos calibrados é muito importante.

Entretanto, esses dispositivos são muito sensíveis, ficando facilmente descalibrados. Assim, o transporte é um dos grandes vilões nesse processo. Por isso, preparamos algumas dicas para você conhecer os devidos cuidados com esse tipo de equipamento. Confira:

1. Armazenamento

O primeiro passo é armazenar os instrumentos de precisão em local adequado. Para o transporte, os estojos não são os mais adequados, já que balançam muito e estão mais propensos a impactos.
As cases, por serem mais robustas, evitam tanto movimento e impacto. Além disso, no caso das cases com interior de espuma, o equipamento fica totalmente imóvel e seguro, sendo esse o modelo mais indicado.

Esse tipo de proteção é muito importante já que, com o balançar do automóvel, os instrumentos de precisão podem ficar descalibrados. Recomendamos, inclusive, manter a case fixa de alguma forma, como com o cinto de segurança, para evitar os movimentos.

2. Cuidado com sujeira e umidade

O simples contato com a poeira pode ser suficiente para danificar esse tipo do dispositivo. Esse é mais um motivo para mantê-los sempre guardados. Com isso, além da poeira, você evita também o contato com graxa e outros tipos de sujeira.

Lembre-se também de sempre manuseá-lo com as mãos limpas, limpando também o local que será medido.

A umidade também pode ser um grande risco para os instrumentos de precisão. Por isso, certifique-se que sua casa é realmente vedada e tenha algum tipo de proteção contra água.

3. Evite o armazenamento próximo a outros itens

Principalmente no caso de líquidos ou objetos pesados, o ideal é evitar deixá-los perto da case com os instrumentos. Com o movimento do automóvel, o líquido pode acabar derramando, ou o item pesado pode gerar um impacto com a maleta.

As cases de melhor qualidade costumam ser de material resistente, além de ter proteção contra água. Mesmo assim, o mais indicado é se prevenir de todas as maneiras, evitando colocar objetos por cima ou muito ao lado da maleta.

4. Guarde os instrumentos destravados

Ao terminar de usar seu instrumento de precisão, nunca o guarde travado/fechado. Isso pois, com as variações de temperatura ambiente, seu material pode acabar dilatando e ficando deformado, danificando o equipamento.

Além disso, caso possível prefira guardar seus aparelhos desmontados, deixando para montar sempre que for usar. Assim, você também evita possíveis danos.

5. Cuidados na retirada

Por fim, na hora de retirar o instrumento da case, também é preciso cuidado. Confira sempre se a maleta está devidamente fechada antes de retirá-la do automóvel.

Carregue-a sempre com as duas mãos, com calma e sem movimentos bruscos. Tenha também cuidado ao retirar o produto de dentro dela, já que com um descuido ele pode bater na tampa, por exemplo, ou até cair no chão.

Conclusão

O transporte de instrumentos de precisão é um grande risco para os equipamentos. Porém, com os cuidados certos, esse processo pode ser mais tranquilo.

Na Kratos, trabalhamos com cases de alta qualidade e resistência, com uma categoria específica para o armazenamento e transporte de instrumentos de precisão.

Conheça já nossos produtos

linkedin icone linkedin
instagram icone instagram
youtube icone youtube